PROCURE POR TAGS: 

POSTS RECENTES: 

SIGA

  • Facebook Clean Grey

Não deixe que estraguem o teu dia




Não deixe que estraguem o teu dia

Por Ana Paula Arendt.


Não deixe um grande idiota

estragar o teu dia.

Não deixe que ele dite

o furor nas tuas palavras:

controla o tremor em tua face

e busca desviar para longe dele.


Não deixe um grande idiota

estragar o teu dia.


Que neste dia

tu possas encontrar

a palavra perdida que tanto buscavas,

um fato escondido que não havias percebido,

a música mística que há muito não cantavas,

a lenda em que te tornaste tu mesma

de ter feito escolhas boas e decididas…

Que neste dia

dês um novo rumo ao mundo

e à tua própria história.


Não deixe um grande idiota

estragar o teu dia.


Não deixe um idiota fazer surgir na tua alma

coisas que te causam profunda repulsa

para fazer eclodir nos outros um apelo.

Não, não deixe que um grande idiota

diminua o teu tamanho diante de ti mesma.

Que o teu juízo não se veja abalado…

Que o teu sofrimento te faça paciente…

Que um amor maior seja revelado…


Que seja este dia também descoberta

de como é difícil manter a alma clara e pura,

do peso que carregaram, por nós,

os Reis e Rainhas, os Santos e as Santas…

Ser a última instância de quem nos agride

antes do breu da boa morte.


Que este dia

no qual te encontraste com eles

e no qual foste tão grata por tudo

seja um revés triste para os que

riram e aplaudiram tua angústia…

Que este dia seja, também, um poema.


Onde foram parar os idiotas?

Um minuto e já não os vejo…

Não conversam mais comigo:

já passaram*.


Ah! Neste dia…

Que a tua felicidade seja

duradoura, longeva e

tão cheia de paz como a nossa.


Ana Paula Arendt. Poemas Ântumos.


* Salmo 37.


Imagem: estátua de Davi em Jerusalém. Stock Photo.